Bogota com bebê

Bogotá com bebê

Bogotá é uma cidade enorme, com tudo de bom e de ruim que uma cidade destas proporções pode oferecer. Mas se você escolher a região certa, com certeza terá uma bela experiência ficando alguns dias aqui.
Nossa passagem por Bogotá foi dividida entre o primeiro dia da viagem, aproveitando as horas de conexão entre São Paulo e San Andrés, e os dois últimos dias, no final desta etapa de nossa viagem.

Hospedagem

Nos hospedamos no hotel Atton Bogotá 93, que fica no Parque de la 93, na Zona Rosa, uma região linda cheia de restaurantes, bares e cafés.
O hotel é do tipo “business”, com localização perfeita, quarto muito bom, bercinho ótimo para o Chico e preço justo. Recomendo!

Alimentação
Bogota Restaurante Mercado
Chico no Restaurante Mercado

Em cidades grandes e bem estruturadas como Bogotá não faltam boas opções para comer. E uma das melhores para quem procura uma comida boa, fresca e saudável é o Restaurante Mercado, na Praça Parque de la 93. O lugar é lindo, e eles utilizam somente ingredientes orgânicos e locais! Ótima escolha para bebês! Vegetais frescos, sucos, feijões locais, ovos caipira, quinoa… era tudo que o Chico precisava! Uma pena que só conseguimos comer lá uma vez!

Não durou muito na cadeirinha...
Não durou muito na cadeirinha…

Jantamos uma noite no Gato Negro, muito bom, mas em geral opções pesadas para bebês. Pedi empanadas e uma massinha com ossobuco que comi com o Chico.
E ainda na praça, comemos também no Salto del Angel, que tem um espaço kids enorme, com monitores e vários brinquedos, cardápio com mil opções de todos os tipos, mas não gostamos da comida (nem o Chico, pois ele comeu muito pouco).
No aeroporto El Dorado, durante nossas conexões em todas as idas e vindas desta viagem, comemos duas vezes no ótimo Crepes&Waffles, que tem filiais em vários lugares na Colômbia (inclusive no Parque de la 93). Tem várias opções leves de crepes e muitas saladas.
E não posso deixar de falar do Juan Valdez Café, a rede de cafés mais famosa daqui! É super estilo Starbucks, então não tem nada saudável para bebês, mas é uma parada obrigatória para os pais! Aproveitava as horas de soninho do Chico para tomar um café ou um nevado!

Clima

Bogotá está a 2.600m de altitude, então faz frio! Na noite que chegamos estava 10 graus (pra mim é muito frio!)
A temperatura não varia muito durante o ano todo, de dia mais próximo dos 20 graus e a noite mais frio. Também chove muito por aqui! Não pegamos chuva, mas a chance era grande.
A vantagem de viajar para cidades com clima mais fresco é que é só jogar uns agasalhinhos na mala e tudo certo!

Acessibilidade e estrutura

Na região que ficamos (Parque de la 93) e na Zona T, a acessibilidade e estrutura são sensacionais.

Parque de la 93
Parque de la 93

A cidade é cheia de praças e parques, com crianças brincando, cachorros soltos, e muita gente aproveitando o dia.
Aos domingos algumas grandes avenidas são fechadas para o pessoal caminhar e praticar esportes, então dá pra passear muito de sling, de carrinho, com o bebê andando, do jeito que der vontade…
Mercados, quitandas, restaurantes, cafés, farmácias, enfim, estamos na capital do país e podemos encontrar tudo de maneira muito fácil!

Transporte
Aeroporto El Dorado
Aeroporto El Dorado

Chegar e sair de Bogotá é muito fácil, tanto indo direto do Brasil como de outros locais, caso a viagem seja combinada como nosso caso. Passamos pela cidade primeiro de São Paulo (vôo de 6 horas com conexão no Panamá) e depois de Caracas, voltando de Los Roques.

O aeroporto El Dorado é grande, bonito, bem organizado, limpo e de super fácil acesso. Do aeroporto até o hotel que ficamos demorou uns 45 minutos de taxi (a cidade tem trânsito!).
E durante o tempo que ficamos aqui andamos a pé o tempo todo! Somente a ida à Candelária foi de taxi.

Passeios

No bairro da Candelária conhecemos as ruas e prédios históricos, a praça Simon Bolivar e o Centro Cultural Garcia Marquez. A praça e as ruas ao redor não são bonitas nem preservadas, e possuem muitos ambulantes e comércio popular.

Livraria no Centro Cultural Garcia Marquez
Livraria no Centro Cultural Garcia Marquez

Mas o Centro Cultural é muito legal, no dia que fomos vimos uma exposição linda de Miró, e no andar de cima tem uma livraria enorme, com uma área muito fofa para crianças. Eu e o Chico amamos!
Na Zona Rosa, onde nos hospedamos na segunda parada na cidade, o que tem de melhor pra fazer é caminhar muito pelas lindas ruas! Super arborizadas, temperatura agradável (estava um leve friozinho durante o dia), cheias de praças onde os bebês podem brincar a vontade e ver os cachorros soltos correndo e brincando! E aos domingos ainda as ruas ficam fechadas para carros!

e pra concluir…

Adoramos Bogotá, o Chico brincou muito em suas praças e amou seus cachorros! Destino recomendadíssimo!

Para mais detalhes de nossa viagem a Bogotá, contamos tudo aqui!

Próxima parada: Los Roques!

3 comentários em “Bogotá com bebê”

  1. Olá! Vou a Bogotá em maio com meu bebê de seis meses e gostaria de saber se vocês indicam esse hotel que ficaram. Vocês tiveram acesso à cozinha para fazer a comidinha do Chico? Obrigada desde já e parabéns pelo blog. Muito legal!

    1. oi Camila!! Obrigada!!!
      Recomendo super este hotel, a localização dele é perfeita! Ficamos somente dois dias, então não cozinhei para o Chico, comemos em restaurantes próximos ao hotel. Indico o restaurante Mercado, na praça Parque de la 93, onde todos os ingredientes são orgânicos e frescos! O Chico comeu bem lá, mas ele já tinha 1 ano! Como seu bebê tem 6 meses acho melhor vc entrar em contato direto com o hotel para perguntar se é possível preparar as papinhas na cozinha.
      Vc já pensou em alugar um apartamento via AirBnb? Em quase todas as nossas viagens utilizamos este esquema, e aí temos nossa própria cozinha! É uma ótima opção! Vc pode comprar os ingredientes em um mercado próximo e preparar tudo para seu bebê! E nesta região de Bogotá (Zona Rosa, Zona T e Parque de la 93) tem diversas opções de apartamentos para alugar por curta temporada no Airbnb!
      Obrigada mais uma vez!
      Bjo

  2. Olá Tati! Estou querendo ir a Bogotá e Cartagena em junho com minha bebê de 10 meses, mas estou preocupada com a altitude. Seu bebê não sentiu nada? Sabe me dizer se nos mercados vendem papinhas prontas, tipo essas da Nestlé? Fica complicado comer na rua porque ela não come sal e nem açucar.
    Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *