Isla Providencia com bebê

Isla Providencia é uma ilha pequenininha escondida no meio do Caribe, que pertence a San Andrés e que quase ninguém nunca ouviu falar, super bem preservada, rústica e linda, antigo reduto de verdadeiros piratas do Caribe.

Ficamos somente dois dias aqui, mas saímos com vontade de ficar bem mais…

Hospedagem
Vista de nosso quarto
De dentro do quarto…

Ficamos na pousada Cabanas El Recreo, a 10 passos do mar, na praia de Freshwater Bay! O quarto era grande, confortável, com duas camas de casal, chuveiro frio e internet bem ruim. Momento de se desconectar do mundo e aproveitar esse pequeno paraíso caribenho. Recomendo muito essa pousada!

Alimentação
Vista de dentro do Miss Elma
De dentro do restaurante Miss Elma…
Peixe do Miss Elma!
Peixe do Miss Elma!

Seguindo na luta neste quesito, mas em Providencia tivemos a sorte de nos hospedar ao lado de um ótimo restaurante, o Miss Elma (que também é pousada), nas areias da praia de Freshwater. Comemos lá os dois dias que ficamos na ilha! Peixe muito bom, mais fresco impossível (o garçom gritava os pedidos direto para o pescador, que limpava os peixes ali mesmo na beira da praia).

Na praia de Southwest tem mais boas opções de restaurantes, inclusive um deles é considerado o melhor da ilha (Divino Niño) – não comemos lá, mas é muito recomendado.

No centrinho da ilha tem alguns mercadinhos, mas com pouquíssimas opções de frutas – nem banana nem maçã! Tangerina foi o melhor que encontrei. Então aqui a dieta do Chico aqui foi a base da boa comida do Miss Elma e meu leite!

Clima

Providencia fica no meio do Caribe, então é muito sol, muito calor e muita umidade. Mas tem um ventinho bom que ajuda a refrescar e nas duas praias que fomos existem muitas árvores que oferecem suas lindas e tão desejadas sombras!

Mesmo assim, proteção total para o Chico: protetor 60, roupa com proteção UV e chapéu.

Acessibilidade e estrutura

Em relação a estrutura, tudo aqui é simples e rústico! Não espere nada nem perto da estrutura dos famosos resorts caribenhos…

As praias tem boas opções de restaurantes, algumas pousadas também, as árvores na areia ajudam muito na proteção contra o sol forte, então nem precisa de guarda-sol.

Em Providencia o carrinho não fez nenhuma falta, ficamos muito na praia e nos poucos deslocamentos que fizemos eu usava o sling.

A ilha tem mercadinhos e farmácias no centro, então comprar fraldas, lencinhos e coisas básicas de higiene é fácil.

Transporte

Chegar em Providencia demora e dá trabalho…. Você precisa obrigatoriamente passar por San Andrés pelo menos para fazer a conexão, que pode ser demorada e talvez você precise pernoitar.

E para chegar a San Andrés são 5 ou 6 horas de vôo de São Paulo a Bogotá ou Cidade do Panamá, conexão e mais um vôo de 1,5 horas até a ilha.

Aeroporto de Isla Providencia, e nosso aviãozinho ao fundo
Aeroporto de Isla Providencia, e nosso aviãozinho ao fundo

De San Andrés a Providencia existem duas opões, ambas somente com saídas diurnas: um catamarã que leva 3-4 horas, ou um vôo de teco-teco de 25 minutos. Optamos pelo vôo, e foi super tranquilo, apesar do calor e do avião balançar um pouco mais do que o normal (afinal é um teco-teco!). O Chico foi comigo no sling, e dormiu o tempo todo, suando em bicas…

Em Providencia usamos taxi do aeroporto até a pousada e da pousada até o centro. E o resto a pé (e carona)!

Passeios
South West Bay
South West Bay

No meio do Caribe o programa é praia!

Em Providencia, o mar não é tão bonito quanto em San Andrés, mas as praias são lindas, mar tranquilíssimo, e a energia e a paz da ilha são incríveis.

Um dos restaurantes da Praia Southwest
Um dos restaurantes da Praia Southwest

A praia de Freshwater Bay ficava em frente ao nosso quarto – a melhor coisa da vida!. Mar calminho e lindo! E ainda fomos a pé conhecer a praia ao lado, Southwest Bay (na verdade fomos de carona com dois alemães que passaram na estrada e voltamos a pé, em uma linda caminhada de uns 25 minutos). Southwest também é linda! Esta praia tem boas opções de restaurantes, mas como já havíamos almoçado no Miss Elma ficamos só curtindo a praia, os três cochilando esticados na areia.

Chico dormindo em Southwest
Chico dormindo em Southwest

Em uma das manhãs o Rafa foi mergulhar com tubarões na barreira de corais, e eu fui passear no centrinho com o Chico – é bonitinho, lá fica toda a (pequena) estrutura da cidade (mercados, farmácias, prefeitura, hospital), mas não achei que valeu a pena ter saído da minha praia quase particular. Fui também até a Isla Catalina, que é uma ilha pequena ligada por uma ponte ao centro de Providencia. Interessante, mas achei um pouco mal cuidada e o mangue cheira muito mal – uma pena pois poderia ser bem charmosa. Aqui o melhor mesmo é ficar em uma das praias e curtir o dia todo!

Fresh water Bay
Fresh water Bay
e pra concluir…

Adoramos Providencia!! Realmente uma pena ter ficado só 2 dias aqui! Mas, por ser uma ilha isolada de acesso difícil e demorado, e pelo fato de eu achar que San Andrés não vale a pena de jeito nenhum, acho que o Caribe oferece outras opções mais convenientes de praias lindas e de águas transparentes.

Mas a energia e a “vibe” dessa ilha, dificilmente você irá encontrar em outro lugar…

Para mais detalhes de nossa viagem a Isla Providencia, contamos tudo aqui!

Próxima parada: Cartagena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *